99 99107-5401 / 98117-0791

Notícias

Home > Notícias > Um 7 de setembro de arromba

Um 7 de setembro de arromba

Governo promete organizar um desfile inesquecível para a torcida verde e amarela. Tudo “pela Pátria”

Em meio ao desgaste do presidente Jair Bolsonaro junto aos militares, o governo vai realizar uma festa de 7 de setembro que promete ser uma das maiores da história. Tudo para satisfazer os integrantes das Forças Armadas, os oficiais e soldados nas casernas que apoiam o governo e milhares de seguidores identificados com o militarismo. Somente no tradicional desfile na Esplanada serão gastos R$ 971,5 mil, sobretudo na implantação de arquibancadas para 20 mil pessoas. Com a presença de Bolsonaro e da cúpula militar na avenida, incluindo todos os nove ministros vindos do Exército, haverá desfile de soldados, de blindados, cavalarias e até voos rasantes da Esquadrilha da Fumaça. Será uma Semana da Pátria para os bolsonaristas não esquecerem.

Para animar a festa, o governo está em fase final de contratação da M.M.Faleiros Montagens e Eventos Ltda, que venceu a concorrência para a organização. No edital aberto para a escolha da empresa que executará as ações de infraestrutura para o desfile, o governo estimou que os gastos poderiam chegar a R$ 1.224.388,89, mas a M.M. Faleiros reduziu os valores para per

to de R$ 1 milhão e saiu-se vencedora. Serão instalados na Esplanada 10 telões, com um sistema de sonorização super moderno, no qual serão investidos R$ 28 mil.

Black Friday

O governo pretende ainda que o 7 de Setembro vá além da festa cívica. Quer transformar a Semana da Pátria em uma ação positiva de grande impacto, justamente para dar a sensação de que o Brasil está em fase de crescimento econômico, incentivando o patriotismo e o ufanismo em cada cidadão brasileiro, algo que ocorria com frequência durante a Ditadura Militar.

Nesse sentido, o Palácio do Planalto está articulando, junto ao setor empresarial, a realização de uma semana de ofertas durante toda a Semana da Pátria, ao estilo “Black Friday”, com descontos bem acima da média. O objetivo é estimular o comércio e o consumismo “verde e amarelo”. O governo espera que os empresários que apoiam Bolsonaro, como Luciano Hang, dono das Lojas Havan, entrem de cabeça na promoção. Pela Pátria.

 

FONTE: https://istoe.com.br/um-7-de-setembro-de-arromba/



Visualizado 76 vezes.