99 99107-5401 / 98117-0791

Notícias

Home > Destaques > ENTREVISTA: Padre João Correia fala…

ENTREVISTA: Padre João Correia fala com exclusividade ao Portal CUXÁ e esclarece polêmica sobre “padre casados”

Por: REDAÇÃO CUXÁ

29/07/2019

Neste fim de semana, o padre João Correia Tavares nos concedeu com exclusividade uma entrevista, onde na ocasião esclareceu sobre alguns assuntos, especialmente sobre a questão dos padres casados, que suscita controvérsias entre muitos. O padre João Correia Tavares atualmente é aposentado pela Universidade Federal do Maranhão, onde lecionou por 15 anos Filosofia. Confira a íntegra da entrevista:

PORTAL CUXÁ: Como vê essa situação dos padres casados ?

Padre João Correia: Os padres casados hoje no Brasil, que deve andar mais ou menos por 8.000, muitos deles não estão em contato com nosso movimento das famílias dos padres casados. Alguns não querem saber, outros sentindo-se bastante isolados após a saída do ministério, que é quase sempre dramática. A grande saída aconteceu nos anos 70 aos 90. Vários deles porque foram formados na Teologia das certezas, a partir do Vaticano segundo, que é uma visão muito mais aberta. Estamos à procura daqueles mais novos, que não estão no nosso movimento. Se for bom pra nós, também vai ser bom pra eles.

PORTAL CUXÁ: Em sua opinião, faria bem para a igreja liberar o celibato?

Padre João Correia: É uma pergunta complexa. O celibato se for vivido com autenticidade, se o padre faz os votos de celibato por viver com autenticidade e fizer disso uma fonte de realização dele e ter disponibilidade maior para o trabalho pastoral, ótimo. Mas se não fizer isso, péssimo. Porque se for um celibato de faz de conta e tem filhos espalhados por aí que não assumem, que tem amantes espalhadas por aí que não casam isso é péssimo. O padre deve ser um homem honesto. E tem padres que tem filhos e não assumem e amantes por aí e que não casam. O celibato é possível se a pessoa tiver um equilibro muito grande.

PORTAL CUXÁ: O que seria preciso para isto, padre?

Padre João Correia: Infelizmente não é fácil, um equilíbrio para um homem. Um homem sexuado, que tem sentimentos como os outros, desejos sexuais como os outros, órgãos sexuais como os outros e não os podem usar. Não podendo usar, ou ele equilibra com uma oração séria com Deus e uma realização humana na sua pastoral ou se não, facilmente falha. Muitos falham.

PORTAL CUXÁ: A família atrapalha ou ajuda na missão dos padres?

Padre João Correia: O padre tem que cuidar da família. Não atrapalha.

 



Visualizado 139 vezes.